Início » Animais de estimacao » Animais selvagens » Nas Malvinas, um campo minado abandonado se tornou acidentalmente um santuário de pinguins. As minas foram colocadas no conflito das Malvinas e permaneceram lá desde então, mantendo os humanos afastados. Os pinguins de Magalhães locais são muito pequenos para detoná-los e prosperaram na área.

Nas Malvinas, um campo minado abandonado se tornou acidentalmente um santuário de pinguins. As minas foram colocadas no conflito das Malvinas e permaneceram lá desde então, mantendo os humanos afastados. Os pinguins de Magalhães locais são muito pequenos para detoná-los e prosperaram na área.

Os pinguins das Malvinas que não explodem

Os campos minados nas Ilhas Malvinas tinham a intenção de matar ou mutilar soldados britânicos, mas nos últimos 35 anos eles se tornaram reservas naturais de fato para os pinguins. Para o bem ou para o mal, entretanto, chegou a hora de sua casa ser desminada, relata Matthew Teller.

Estou seguindo um caminho de cascalho triturado que leva até um promontório.

De um lado estende-se uma curva extensa de areia branca, apoiada por dunas espessas, a grama áspera misturada com uma planta de crescimento baixo que carrega frutas vermelhas agridocamente doces que os locais chamam de diddle-dee.

Mas é o som que assusta. Sobrepondo-se ao oceano em expansão, ouvem-se buzinas cômicas vindas de milhares de pinguins de Magalhães. Um, guardando sua toca ao lado do ... Continue lendo (leitura de 5 minutos)

Deixe um comentário