Casa » Lei e Governo » Segurança Pública » Aplicação da Lei » A polícia da Finlândia acredita ter pego um ladrão de carros com a ajuda de um mosquito morto que notou dentro de um veículo abandonado. A polícia viu que o mosquito sugou sangue recentemente e decidiu enviar o inseto para análise, e o DNA era compatível com o do homem do Registro Policial.
Picada de mosquito

A polícia da Finlândia acredita ter pego um ladrão de carros com a ajuda de um mosquito morto que notou dentro de um veículo abandonado. A polícia viu que o mosquito sugou sangue recentemente e decidiu enviar o inseto para análise, e o DNA era compatível com o do homem do Registro Policial.

Sangue de mosquito 'identifica ladrão'

A polícia da Finlândia acredita ter pego um ladrão de carros a partir de uma amostra de DNA retirada de um mosquito que notou dentro de um veículo abandonado.

Ao encontrar o carro em Seinaejoki, ao norte de Helsinque, a polícia viu que o mosquito sugou sangue recentemente e decidiu enviar o inseto para análise.

O DNA encontrado nos testes de laboratório corresponde a um homem no registro da polícia.

O suspeito nega ter roubado o carro e diz que estava pegando carona numa carona com um homem.

O carro foi roubado em junho na cidade de Lapua, cerca de 380 km ao norte da capital finlandesa, informou a agência de notícias AFP.

Ele foi recuperado várias semanas depois em Seinaejoki, a cerca de 25 km de onde havia desaparecido.

Sakari Palomaeki, o inspetor de polícia encarregado do… Continue lendo (leitura de 1 minutos)

Deixe um comentário