Home » Artes » Vários anos atrás, um homem lutou contra um tubarão-touro de 7 metros depois que ele mordeu o braço de seu sobrinho. O tubarão foi então arrastado para a costa onde foi baleado e o tio do menino conseguiu resgatar seu braço onde mais tarde foi preso com sucesso no menino que havia se recuperado.

Vários anos atrás, um homem lutou contra um tubarão-touro de 7 metros depois que ele mordeu o braço de seu sobrinho. O tubarão foi então arrastado para a costa onde foi baleado e o tio do menino conseguiu resgatar seu braço onde mais tarde foi preso com sucesso no menino que havia se recuperado.

Muito depois da morte do tubarão, o boato sobreviveu

Clique.

Foi assim que demorou e foi fácil espalhar o boato que encobria um ato de heroísmo.

A verdade era notável. Em julho, Jessie Arbogast, um menino de 8 anos de Ocean Springs, Mississippi, foi atacado por um tubarão-touro de 7 pés e 200 libras na parte rasa do Golfo do México perto de Pensacola. O tubarão mordeu o braço de Jessie e ainda o estava rasgando quando seu tio, Vance Flosenzier, avançou até o tubarão e agarrou sua cauda.

Ele arrastou o tubarão para a areia, o braço de Jessie ainda na goela. Os cirurgiões recolocaram o braço do menino, mas houve uma perda de sangue tão grande que o menino entrou em coma. Enquanto isso, relatos sobre a bravura de seu tio corriam em todo o mundo, nas primeiras páginas e nas redes de notícias, uma história de t… Leia mais

Fonte: https://www.nytimes.com/2002/01/09/us/long-after-the-shark-died-the-rumor-lived.html