Início » Artes » Filmes » O que George Harrison disse em sua última carta?

O que George Harrison disse em sua última carta?

George Harrison era conhecido por muitas coisas, mas depois de se aposentar da indústria da música, este Beatle aproveitou as coisas boas da vida. Ele gostou especialmente do filme Austin Powers. Mas você sabia que ele escreveu uma carta a Mike Myers por causa disso? 

George Harrison escreveu para “Austin Powers”, Mike Myers, ”criador e diretor. Ele expressou seu apreço pelo trabalho de Myer nos últimos dias. Myers recebeu a carta no dia em que Harrison morreu.

Quem foi George Harrison?

Em 25 de fevereiro de 1943, George Harrison nasceu em Liverpool, Inglaterra. Ele era o filho mais novo de uma família da classe trabalhadora. Seu pai era administrador da marinha mercante, enquanto sua mãe era balconista em uma mercearia. (Fonte: Britânico)

Harrison não era um grande estudante, e ele se lembra, mas tinha uma vaga ideia de música. Ele tinha um Epifania quando ele tinha cerca de 12 ou 13 anos enquanto andava de bicicleta. Harrison ouviu Elvis Prestley pela primeira vez Heartbreak Hotel, o que o motivou a comprar seu primeiro violão e aprender alguns acordes por conta própria. 

Harrison logo conheceu Paul McCartney. Na época, McCartney fazia parte da banda Pedreiros, junto com John Lennon de 17 anos. Ele então foi convidado para ver a apresentação da banda. McCartney logo pediu a Lennon que deixasse Harrison de 14 anos se juntar a eles. Lennon discordou do pedido, mas depois reconsiderou depois que Harrison's impressionou os dois com sua versão de famosos riffs de rock americano quando ele teve a oportunidade de fazer um teste.

Em 1960, os Quarrymen mudaram seu nome para o que seria conhecido como as maiores bandas de rock de todos os tempos, The Beatles. A jovem banda começou a tocar em pequenos clubes e bares em Liverpool e Hamburgo, na Alemanha. Eles logo se juntaram a um novo baterista, Ringo Starr, em 1962. No mesmo ano, eles gravaram seu primeiro hit top 20 Love Me Do, marcando o início de Beatle Mania em toda a Inglaterra. Em 1964, o Beatle Mania se espalhou pelos Estados Unidos, com a banda fazendo uma turnê americana.

Harrison era conhecido como o Beatle quieto, muitas vezes ficando em segundo plano para os outros membros da banda. Apesar de McCartney e Lennon terem escrito a maioria das canções da banda, Harrison também contribuiu com suas composições. Ele começou com Não me incomode em 1963. Suas canções foram consideradas algumas das canções mais populares que a banda já tocou, como Enquanto minha guitarra chora em 1968, Here Comes the Sune  Algo em 1969. (Fonte: Biografia)

Harrison também era conhecido por se interessar pela cultura indiana. Ele estudou a tocar cítara Ravi Shankar, apresentando suas habilidades em Madeira norueguesa. A banda logo explorou a meditação transcendental com o Maharishi Mahesh Yogi na Índia. A viagem deles influenciou várias canções, mas foi notado que apenas Harrison incorporou essas práticas religiosas em sua vida. 

Harrison lançou seu primeiro trabalho solo em uma trilha sonora no filme de 1968 Wonderwall. Quando a banda se separou em 1970, ele continuou com sua carreira musical como artista solo, lançando álbuns triplos de sucesso e apresentando concertos para arrecadar dinheiro para lutar contra a fome em Bangladesh. Os shows de arrecadação de fundos de Harrison logo se tornaram o protótipo de eventos de arrecadação de fundos repletos de estrelas.

Harrison continuou sua carreira na indústria da música até os anos setenta e oitenta, mas logo manteve um perfil baixo após o assassinato de Lennon. Ele faleceu em 29 de novembro de 2001, sucumbindo ao câncer. (Fonte: Britânico)

Harrison's Dying Letter

Em entrevista à revista GQ, criador e diretor do Austin Powers franquia, Mike Myers, confirma que a última carta que o silencioso Beatle escreveu antes de ser aprovado foi uma carta para ele. 

Myers, filho de um Liverpudlian e um ávido fã dos Beatles, ficou chocado ao receber a carta, já que nunca conheceu Harrison pessoalmente. A propósito, Myers recebeu a nota no mesmo dia em que Harrison faleceu durante as filmagens Austin Powers 3. Myers afirma que se sentiu triste e incrível ao receber uma carta de um Beatle elogiando seu trabalho na franquia. (Fonte: GQ)

Deixe um comentário